Sobre o Cicinho:
Nome: Cícero João de Cézare

Apelido:
Cicinho (apelido que recebeu graças a sua estatura)

Cidade:
Pradópolis, no interior de São Paulo

Musica:
Sertaneja e Gospel

Paixões:
futebol e a pesca

Carreira:

   Escolinha - 1986
   Botafogo de Ribeirão Preto - 1994
   Clube Atlético Mineiro - 2001
   Botafogo do Rio de Janeiro – 2002
   Clube Atlético Mineiro 2003
   São Paulo Futebol Clube - 2004


Escolaridade:
2 ano do ensino médio

Posição:
Lateral-direito

Dinheiro:
Muito importante. Mas muito cuidado porque pode atrapalhar.

Frustração:
Contusão que tive na virilha enquanto jogava no Atlético – MG.

Mulher:
Minha mãe minhas sobrinhas

Homem:
Meu pai

Família:
Uma das principais causas por eu jogar futebol

Seleção:
O topo na carreira de um atleta

Medo:
De contusão

Tristeza:
Perder final de campeonato

Felicidade:
Ser campeão da Libertadores pelo São Paulo.

Cinema:
Com a namorada é ótimo

SPFC:
Só tenho a agradecer. Me recebeu de portas abertas e vou dar o retorno

Brasil:
Maravilhoso. Daqui, não saio nunca. Só para jogar na Europa e depois volto

Bebida
: Suco de Laranja

Diversão:
Pescar

Futebol:
Dom que Deus me deu


Sonho:
Vestir a camisa da seleção

Vitória:
Aceitar Jesus como meu Senhor e meu Salvador

Alegria:
Minha Família

Histórico:

- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004


Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis

Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Layout: DAC





 Cicinho credita fase do Tricolor ao treinador
Fanáticos por Futebol Lateral considera que 90% dos méritos devem ser dados ao treinador
Precisando de apenas uma vitória nos próximo quatro jogos, a equipe do São Paulo está com as duas mãos na taça, só falta levantar e comemorar. Na opinião do lateral-direito Cicinho, está boa fase vivida pela equipe, deve ser creditada em maior parte ao técnico Emerson Leão.

“O Leão tem 90% de participação em tudo isso. Ele está acostumado a ganhar títulos e uniu os jogadores. Nosso grupo não tem vaidades”, disse o jogador.

O ala são-paulino acredita que o título pode ser conquistado na quinta-feira, diante da Portuguesa, no Pacaembu, porém evita comemorar antes do tempo.

“Não somos campeões ainda. Demos um passo importante e vamos tentar carimbar na quinta-feira”, completou o lateral que pode conquistar seu primeiro título como atleta profissional.

Daniel Batista



- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 20h46
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Ansiosos, Tardelli e Cicinho esperam título '90% garantido'

GE.Net "Não dá para esperar até a última rodada. O pensamento de todos aqui é esse" - Diego Tardelli.
São Paulo (SP) - Não dá mais para esconder. Depois de vencer o Guarani e ver o Santos derrapar em Santo André, o elenco tricolor afastou o tradicional discurso comedido e não disfarçou a ansiedade com a proximidade do título paulista. O lateral-direito Cicinho faz contas realistas.
'Acho que o título já está 90% garantido', disse o jogador, antes de deixar um alerta. 'Mas temos que tomar cuidado com esses 10%. Ainda restam cinco jogos e temos que manter a mesma seriedade nestas partidas', declarou.

O atacante Diego Tardelli quer assegurar a conquistar o mais rápido possível. 'O jogo contra o Santo André é como se fosse uma final. Quanto mais antecipado ganharmos o título, melhor. Não dá para esperar até a última rodada. O pensamento de todos aqui é esse', comentou.

A conquista do estadual terá um sabor muito especial para os dois jogadores, que ainda não conquistaram títulos desde que chegaram ao futebol profissional. Cicinho luta para afastar a euforia e conta que a situação provoca uma expectativa muito grande.

'Nunca estive tão perto de ser campeão. A concentração e a vontade de ganhar são as mesmas, mas tudo fica um pouco diferente. Temos que ter os pés no chão para não deixar a ansiedade atrapalhar dentro de campo', afirmou o lateral de 24 anos.

Ele já sabe o que fazer para manter a frieza antes da partida. 'Eu tento pensar em outras coisas. Vou ao shopping com minha namorada, escuto música sertaneja e desvio um pouco o assunto. Só quero pensar no jogo a partir da concentração', afirmou Cicinho.

Diego Tardelli, de 19 anos, também não esconde que a ansiedade é grande. 'Este será o meu primeiro título como profissional, o mais importante da minha carreira', disse o atacante, que até esqueceu um pouco da artilharia: 'não estou pensando tanto nisso, mas sim no título'.

Bruno Ceccon, especial para GE.Net


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 00h47
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Cicinho diz estar pronto para Seleção Brasileira

Com 10 pontos de vantagem sobre o Santos, segundo colocado, o São Paulo está com as duas mãos na taça de campeão paulista. Os jogadores, porém, evitam falar antecipadamente sobre a conquista do campeonato.
O lateral Cicinho, por exemplo, sabe que a vantagem tricolor será difícil de ser tirada, mas continua com um discurso cauteloso.

"Existe a possibilidade de sermos campeões já no fim de semana. Se Deus quiser, caso o título venha, vou comemorar na minha cidade natal, em Pradópolis", disse o jogador.

Em alta no clube, Cicinho aproveitou para agradecer àqueles que defendem sua convocação para a Seleção Brasileira.

"Estou pronto e trabalhando forte para isso (jogar na Seleção Brasileira). Fico feliz por aqueles que me pedem nas convocações. Mas não existe ansiedade, estou tran
qüilo e sei que minha hora vai chegar; quando acontecer, estarei preparado."

- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 00h43
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Cicinho não quer clima de "ja ganhou"

Apesar da vantagem, jogadores sabem da reponsabilidade e da necessidade de vitórias
O Campeonato Paulista iniciou-se buscando recuperar o charme perdido durante o passar dos anos, onde dominou-se a desorganização comum do Futebol Brasileiro. Diferente de outras edições, o Campeonato de 2005 foi bem organizado e está chegando ao fim sem muitas polêmicas.

Para tanto, a Federação Paulista até fez ressurgir a famosa Taça dos Invictos, conquistada pelo Tricolor no último sábado ao chegar a 13 partidas invictas, não podendo ser alcançada por nenhum time.

O título invicto é um sonho de muitos dos torcedores, e não ocorre no Paulistão há muito tempo, mas não é o objetivo principal do elenco Tricolor.

"O nosso primeiro pensamento é ser campeão, depois vem a vontade de conquistar de forma invicta", disse o lateral Cicicnho ao programa No Pique da Pan.

O São Paulo quer nas próximas rodadas garantir a "gordura" de 7 pontos acumulada de vantagem para o segundo colocado e, se for possível, garantir com antecedência o 21º Campeonato Paulista de sua história.

"Demos um passo enorme com a vitória sábado e com o tropeço do Santos. Agora é ganhar mais para conseguir o título antecipado", concluiu o lateral.


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 22h47
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Cicinho precisa de taça para retornarpor

Lateral-direito nunca foi campeão e quer vencer o Campeonato Paulista para poder retornar a Pradópolis
A cidade de Pradópolis, interior de São Paulo, aguarda ansiosa o término do Campeonato Paulista. Afinal, entre os jogadores do favorito ao título do torneio está um lateral-direito nascido lá.

E para piorar a situação do camisa 2 Cicinho, do São Paulo, a pressão na terra natal é imensa. "Tem 15 mil habitantes lá e 10 mil são são-paulinos. Não podemos nem pensar em perder o título. Se isso acontecer, não posso voltar para lá".

Com 35 pontos ganhos em 13 partidas, o São Paulo é o grande favorito ao título do Campeonato Paulista. Cicinho, no entanto, não permite que o time do Morumbi se encha de otimismo. "Não podemos vacilar. Precisamos seguir vencendo porque ainda não somos campeões", lembrou.

Cicinho entende que o São Paulo ainda pode perder o título do Estadual. "No futebol, tudo é possível. Temos equipes complicadas pela frente e não podemos começar a comemorar antes do término".

Como tem sete pontos de vantagem sobre o Santos, o Tricolor pode perder até duas partidas e ainda assim será campeão. "Faltam seis jogos e precisamos vencer quatro. Depois disso, poderemos dizer que somos campeões", completou Cicinho.

Apesar de ter decorado os números que faltam ao São Paulo, Cicinho garante que ninguém no clube faz contagem regressiva. "Isso não existe. Não nos preocupamos com isso. Pensamos em vencer cada adversário e o título vai ser uma conseqüência".

Desde que chegou ao futebol profissional, Cicinho nunca conquistou um título. Por isso, o Campeonato Paulista ganha importância para o lateral. "Não quero perder essa oportunidade de acabar com esse tabu", encerrou o lateral.

Guilherme Costa


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 22h46
[ ] [ envie esta mensagem ]



Ei gente tudo joia?!!? Aqui é a Lú, estou pedindo desculpas pelo atraso nas atualizações e respostas de email,é que eu estou realmente muito sem tempo!! Desculpem ai!! bjks!!

  Treino do dia 11/03/05

Treino do dia 10/03/05

 Jogo do dia 12/03/05

 Treino do dia 14/03/05

 guarulhos dia 17/03/05



- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 12h05
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Mudança de tática surpreendeu Cicinho

Lateral-direito do São Paulo revelou que ficou surpreso com mudança para o 4-4-2, mas avaliou como boa sua atuação.
De última hora, o técnico Emerson Leão mudou o esquema do São Paulo do 3-5-2 para o 4-4-2. A alteração contra o Quilmes, da Argentina, porém, pegou alguns jogadores de surpresa, principalmente o lateral-direito Cicinho.

"Ele [Emerson Leão] conversou com a gente antes de começar a partida, mas me pegou de surpresa com essa mudança", comentou o camisa 2 são-paulino.

Uma das principais armas do Tricolor quando joga com três zagueiros, Cicinho considerou sua atuação no novo esquema boa, mas não escondeu as dificuldades que sentiu.

"Tentei fazer o possível para ajudar o time e sei que fomos [ele e Junior] fomos importantes na marcação, como o próprio Leão nos disse no vestiário", completou Cicinho.

Além de exaltar sua atuação e a de Junior, o lateral-direito do São Paulo fez questão de deixar claro que não é um jogador que apenas ataca. Recado para o técnico da Seleção Brasileira Carlos Alberto Parreira, que já declarou achar Cicinho mais ala do que lateral.

"Nós [laterais do Tricolor] não só atacamos como também sabemos marcar", avisou o jogador.

Para a partida do próximo sábado, contra o Marília, no estádio do Morumbi, o técnico Emerson Leão ainda não
definiu em qual esquema vai jogar.


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 11h58
[ ] [ envie esta mensagem ]



 embarque dia 022/03/2005 para o Chile

- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 12h34
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Descansado, Cicinho promete correr em dobro

São Paulo (SP) - Depois de cumprir suspensão na última partida do Paulistão, Cicinho retorna ao Tricolor nesta quarta-feira, contra o Universidad do Chile, no Morumbi. Percebendo o cansaço dos outros titulares, que passaram pela maratona de jogar em La Paz e Jundiaí, o lateral-direito acha que pode dar, juntamente com Mineiro, novo fôlego à equipe.

“Eu tive esta folguinha por causa dos cartões amarelos. Este descanso faz diferença e por isso tenho que correr dobrado quarta-feira”, disse Cicinho, que espera ver o Morumbi cheio, apesar dos problemas com o Contru.

“As lembranças do Morumbi lotado são sempre as melhores. Vamos em busca de uma vitória”, disse Cicinho, que foi substituído pelo meia Souza contra o Paulista, em Jundiaí. De volta, Cicinho ainda espera mais informações sobre o próximo adversário. “Não vi nenhum jogo do Universidad do Chile. Acredito que a partir desta terça-feira o Leão vai nos orientar”, concluiu.


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 12h31
[ ] [ envie esta mensagem ]



 Com Cicinho, Tricolor volta a ter lateral

 

Suspenso, camisa 2 não enfrentou o Paulista. E o técnico Emerson Leão não tinha outro jogador para a posição

A vitória do São Paulo sobre o Corinthians, no dia 27 de fevereiro, trouxe uma má notícia para o Tricolor. O lateral-direito Cicinho recebeu o terceiro cartão amarelo e foi obrigado a não enfrentar o Paulista, no domingo passado, em Jundiaí.

Peça fundamental no Tricolor, Cicinho ganhou ainda mais importância no elenco do São Paulo nesta temporada. Gabriel, que era reserva dele, foi negociado com o Fluminense. Com isso, o Tricolor não tem outra opção para a lateral direita.

No domingo, quando Cicinho não pôde atuar, Emerson Leão precisou escalar o meia Souza improvisado na direita. Durante o jogo, ainda tentou colocar outro armador no setor, Vélber. Nenhum dos jogadores, contudo, conseguiu agradar.

Cicinho retornará ao São Paulo na próxima quarta-feira, na segunda partida do Tricolor pela Copa Libertadores. Com ele, o time brasileiro voltará a ter um jogador específico para a ala.

"A diretoria sabe a situação do elenco. Temos uma carência e precisamos de mais opções no setor. Jogar na lateral não é fácil nem para a gente, que faz isso todo dia. Para um meia, então, é uma tarefa ainda mais complicada", avaliou Cicinho.

Mesmo sem terem conseguido destaque, os "laterais" Souza e Vélber foram aprovados pelo titular Cicinho. "Eles são jogadores de bastante talento e ajudaram a equipe quando foi preciso. Não são da posição, mas fizeram o possível para ajudar o São Paulo", elogiou o camisa 2.

Além de Cicinho, outro que retornará ao São Paulo na quarta-feira é o volante Mineiro, que também cumpriu suspensão automática diante do Paulista. "O Renan tem um bom potencial de marcação e me deu mais liberdade para jogar. Na quarta, faremos uma dupla mais equilibrada", admitiu Josué, que fez o segundo gol do Tricolor no empate por 2 a 2.

Guilherme Costa


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 12h28
[ ] [ envie esta mensagem ]