Sobre o Cicinho:
Nome: Cícero João de Cézare

Apelido:
Cicinho (apelido que recebeu graças a sua estatura)

Cidade:
Pradópolis, no interior de São Paulo

Musica:
Sertaneja e Gospel

Paixões:
futebol e a pesca

Carreira:

   Escolinha - 1986
   Botafogo de Ribeirão Preto - 1994
   Clube Atlético Mineiro - 2001
   Botafogo do Rio de Janeiro – 2002
   Clube Atlético Mineiro 2003
   São Paulo Futebol Clube - 2004


Escolaridade:
2 ano do ensino médio

Posição:
Lateral-direito

Dinheiro:
Muito importante. Mas muito cuidado porque pode atrapalhar.

Frustração:
Contusão que tive na virilha enquanto jogava no Atlético – MG.

Mulher:
Minha mãe minhas sobrinhas

Homem:
Meu pai

Família:
Uma das principais causas por eu jogar futebol

Seleção:
O topo na carreira de um atleta

Medo:
De contusão

Tristeza:
Perder final de campeonato

Felicidade:
Ser campeão da Libertadores pelo São Paulo.

Cinema:
Com a namorada é ótimo

SPFC:
Só tenho a agradecer. Me recebeu de portas abertas e vou dar o retorno

Brasil:
Maravilhoso. Daqui, não saio nunca. Só para jogar na Europa e depois volto

Bebida
: Suco de Laranja

Diversão:
Pescar

Futebol:
Dom que Deus me deu


Sonho:
Vestir a camisa da seleção

Vitória:
Aceitar Jesus como meu Senhor e meu Salvador

Alegria:
Minha Família

Histórico:

- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004


Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis

Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Layout: DAC





 

 

 

 

TRISTEZA: TIME CHOROU MUITO, AFIRMA CICINHO
Segundo o lateral, Cafu, Roberto Carlos e Ronaldinhos, três dos mais criticados da seleção, "choraram igual a crianças" no vestiário. Ronaldinho fez churrasco, e Roberto Carlos, compras, após a derrota.



- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 15h34
[ ] [ envie esta mensagem ]



5/07/2006 - 10h50

Jogadores desmentem Roberto Carlos sobre "linha do impedimento"

Publicidde
RODRIGO MATTOS
da Folha de S.Paulo

No jogo mais importante da seleção na Copa, contra a França, tudo deveria estar combinado --marcação individual, jogadas ensaiadas. Mas versões diferentes de jogadores para a falha da defesa brasileira no gol francês mostram que ou as ordens de Carlos Alberto Parreira não foram seguidas ou havia instruções contraditórias sobre como parar os adversários.

No lance decisivo, Henry, autor do gol, e mais quatro jogadores franceses enfrentaram só três brasileiros, Juan, Lúcio e Gilberto Silva, após a cobrança de uma falta por Zidane. Cinco atletas ficaram parados próximos da linha da grande área.

Entre eles, Roberto Carlos, que era o mais próximo a Henry -ele abaixou para ajeitar a meia enquanto o francês avançava. O lateral se isentou de culpa ao afirmar que havia uma combinação para fazer a linha de impedimento, que não foi seguida por três deles.

"Tinha uma orientação de que se ficasse em linha, mas nem sempre era cumprida. O Dida que dá a orientação para não entrar [na área]", declarou o lateral reserva Cicinho, que entrou no fim do jogo e esteve ontem no centro de treinamento do São Paulo.

Mas o próprio jogador reconheceu que a jogada nunca foi treinada por Parreira. Segundo ele, era combinada apenas entre os atletas -o técnico somente tomava conhecimento. "É de improviso, na hora."

Parreira, realmente, incentivava os jogadores a se reunirem para conversarem sobre o time e até darem sugestões táticas.

Fora de campo, o goleiro reserva Rogério confirmou que o técnico nunca treinou linha de impedimento. E desconhecia a combinação. "Mas eu não estava jogando", ressalvou.

Ele afirmou que, no São Paulo, os atletas não usam a prática de deixar adversários em posição ilegal sem que exista uma instrução do treinador. Integrante do elenco da seleção, depois cortado, Edmílson também não se lembra de o técnico ter treinado linha de impedimento. Disse que havia prioridade para treinos físicos.

Ao comentar a eliminação, Parreira disse que houve falha de marcação, mas não falou na prática da linha de impedimento. Disse que, no setor em que estava Henry, poderiam estar Kaká, um dos laterais (Cafu e Roberto Carlos) ou Zé Roberto.

Último citado, o meia e mostrou desconhecer a orientação de cobrir o setor ou a saída da área nas bolas paradas.

"Sempre recebi orientação de ficar na barreira ou no rebote. Henry estava só. Alguém deveria estar naquele setor. Foi falta de atenção. Ficou faltando algum jogador", explicou Zé Roberto à ESPN Brasil.

Ele ainda fez críticas indiretas a Parreira por não pedir marcação individual em Zidane. "Já no primeiro tempo ele teve liberdade. Cada treinador tem um conceito. De repente, seria viável botar um homem nele."

Sem se entenderem, o técnico e os atletas brasileiros deixaram os craques franceses jogarem, e o Brasil voltou mais cedo do que o previsto para casa.


- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 15h32
[ ] [ envie esta mensagem ]



 

A eliminação do Brasil na Copa do Mundo  da Alemanha, depois da derrota de 1 a 0, para a França, no último sábado, tirou o sono dos jogadores da seleção brasileira. O lateral-direito reserva Cicinho confirmu que a maior parte da delegação passou a noite em claro.

Fonte: Globo Esporte : http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/0,,AA1228239-4482,00.html

obs: quem for assinante Terra, assista a entrevista do Cicinho.

 

 



- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 15h26
[ ] [ envie esta mensagem ]



** Lembrando os Tempos de Atlético Mineiro **



- Postado por: Equipe Cicinho Fã Clube às 13h01
[ ] [ envie esta mensagem ]